sexta-feira, 11 de março de 2022

Opinião: Não acredito em pesquisas eleitorais!

Pesquisas Eleitorais

Não dá para acreditar nestas pesquisas eleitorais, as ruas mostram uma realidade totalmente diferente do expressado nos números divulgados pelos “institutos”.

Além disso, o histórico das últimas eleições mostra que as pesquisas têm falhado terrivelmente em antecipar os resultados das urnas.

O "interessante" é que os erros dos “institutos” tendem sempre a beneficiar a esquerda, qual o motivo deste padrão? É algo para refletir...

Falando agora especificamente da pesquisa presidencial divulgada pela Ipespe/XP hoje (11), e repercutida por esse nós aqui, o que mais me chamou a atenção é que o Presidente Bolsonaro perde para todos os outros pré-candidatos no segundo turno (até para Doria), já vimos isso nas eleições presidenciais de 2018.

Não faz o menor sentido o Governador de São Paulo performar melhor que o Presidente em um eventual segundo turno. Doria é fortemente rejeitado em seu próprio estado e tido com autoritário e demagogo, uma vez que impôs restrições severas ao povo paulista por causa do coronavírus, mas viajou para lugares onde as restrições eram bem mais amenas, ou seja, trancou todo mundo em seu estado e foi aproveitar a vida em outro lugar.

Outro ponto que também chama a atenção é como pode um "descondenado" que comprovadamente praticou corrupção liderar com folga as pesquisas? Lula é responsável por um dos governos mais corruptos da história, condenado em diversas instâncias, porém ficou livre das condenações por uma manobra do STF (Supremo Tribunal Federal). Vejam, ele não foi absorvido, mas teve as condenações anuladas por um detalhe técnico-jurídico.

Me parece que a história vai se repetir: aquele que perde para todos nas pesquisas, sobretudo no segundo turno, vencerá nas eleições reais.


Para ficar bem informado, se inscreva em nossos grupos: Telegram / WhatsApp.


Ajude o jornalismo independente:

- Seja um apoiador: https://apoia.se/onenoticias

- Contribua através do PIX: 20.374.042/0001-08

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário com respeito!